O que ainda está em jogo na temporada de 2017 da F1?

A F1 chega perto da conclusão de seu campeonato, mas nem tudo já está definido. Veja em que devemos prestar atenção nas rodadas finais

A duas provas para o fim, a F1 chega perto do desfecho de sua temporada. Mas o que ainda há em jogo nas provas restantes em Interlagos e Abu Dhabi?

A duas provas para o fim, a F1 chega perto do desfecho de sua temporada. Mas o que ainda há em jogo nas provas restantes em Interlagos e Abu Dhabi?
1/10

Títulos: definidos

Títulos: definidos
2/10

O primeiro lugar da temporada já tem dono. Lewis Hamilton garantiu o título de pilotos no México, sendo que, uma corrida antes, nos Estados Unidos, a Mercedes sacramentou o título de construtores.

Vice-campeonato: ainda em aberto

Vice-campeonato: ainda em aberto
3/10

Porém, ainda há uma disputa lá na frente: Valtteri Bottas ainda pode ultrapassar Sebastian Vettel para tomar o vice. O finlandês está 15 pontos atrás do alemão, sendo que ainda há 50 em jogo.

“Melhores do resto”: ainda em aberto

“Melhores do resto”: ainda em aberto
4/10

No restante da tabela, Daniel Ricciardo, Kimi Raikkonen e Max Verstappen ainda possuem matematicamente chances de lutar pelo quarto lugar. O holandês é quem mais corre por fora, 44 pontos atrás do colega.

Destaques entre os construtores: definidos

Destaques entre os construtores: definidos
5/10

No Mundial de Equipes, não foi apenas o título que já foi definido. Todas as quatro primeiras colocadas ficarão onde já estão, nesta ordem: Mercedes, Ferrari, Red Bull e Force India.

Despedida em alta: ainda em aberto

Despedida em alta: ainda em aberto
6/10

Em suas últimas provas na F1, Felipe Massa quer espantar o que seria um resultado negativo. Ele está quatro pontos atrás de Lance Stroll na briga pelo 10º lugar na tabela de pilotos, de modo que terá que reagir para não fechar mais um ano atrás de um companheiro.

Olhos abertos

Olhos abertos
7/10

E Massa deve ficar atento para não perder ainda mais posições no campeonato, já que Nico Hulkenberg e Romain Grosjean possuem chances realistas de ultrapassá-lo.

Situação de Alonso: ainda em aberto

Situação de Alonso: ainda em aberto
8/10

Outro que corre para tirar o atraso é Fernando Alonso. O espanhol está dois pontos atrás do parceiro de McLaren, Stoffel Vandoorne, de modo que quer evitar fechar o que seria apenas sua terceira temporada na F1 atrás de um companheiro.

Últimas chances para mostrar serviço

Últimas chances para mostrar serviço
9/10

Os dois últimos GPs do ano terão importância para nomes como Pascal Wehrlein, Marcus Ericsson, Pierre Gasly e Brendon Hartley, que ainda não definiram sua situação para 2018. Olho neles!

Briga importante no meio da tabela de equipes: em aberto

Briga importante no meio da tabela de equipes: em aberto
10/10

Por fim, uma disputa importante que tem em jogo prestígio e muito dinheiro: Toro Rosso, Renault e Haas lutam pelo sexto lugar no Mundial de Construtores. Os três times estão separados por apenas seis pontos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pista Interlagos
Tipo de artigo Conteúdo especial