Ocon apreciaria reviver rivalidade com Verstappen na F1

compartilhar
comentários
Ocon apreciaria reviver rivalidade com Verstappen na F1
Por: Scott Mitchell
15 de mar de 2018 11:26

Piloto protegido da Mercedes, Esteban Ocon “toparia na hora” se tivesse a chance de lutar com Max Verstappen pelo título da F1, em batalha que reviveria uma rivalidade “muito intensa” da base.

Max Verstappen, Red Bull Racing RB13 and Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Esteban Ocon, Force India VJM11
Max Verstappen, Red Bull Racing and helmet
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14

O piloto da Force India foi derrotado por Verstappen pelo título do WSK Euro Series, em 2011, mas deu o troco ao conquistar o título da F3 Europeia em 2014, enquanto que o holandês foi o terceiro.

Verstappen agora está estabelecido na Red Bull, enquanto que Ocon se prepara para sua segunda temporada completa na F1, de olho em uma futura vaga na Mercedes.

“Sim, se houver um campeonato no fim de tudo isso, eu toparia na hora, sem problemas”, disse Ocon ao Motorsport.com.

“Charles [Leclerc], Max, esses pilotos são muito, muito fortes. Venho correndo com eles desde o início.”

“Sei o quão bons eles são e tenho certeza de que nos encontraremos no futuro novamente.”

Quando questionado sobre a rivalidade com Verstappen, Ocon disse: “Ela tem início lá por 2010, 2011.”

“Não éramos nem um pouco amigos. Foi uma disputa muito intensa. Chegou a passar do ponto em alguns momentos. Agora não temos nenhum problema, conversamos bem e ele é um cara legal. Na época era muito intenso.”

Verstappen disse ao Motorsport.com que ele e Ocon “não tiveram muitos momentos positivos um com o outro”.

Ele admitiu: “Na época, não nos gostávamos. Mas isso é parte do jogo. É normal. Tive o mesmo com Charles Leclerc.”

O três vezes vencedor na F1 disse que não se importa com a possibilidade de fazer parte de uma rivalidade, acrescentando: “Eu nunca penso nesse tipo de coisa. E não acho que seja só entre dois pilotos hoje em dia, e sim entre múltiplos pilotos.”

“Essa coisa de rivalidade, não, não olho dessa forma.”

Enquanto que Ocon teve de esperar até meados de 2016 para fazer sua estreia na categoria, Verstappen foi direto da F3 para a F1.

Ele foi promovido à Red Bull somente um ano e meio depois e venceu em sua primeira prova pela equipe. Já Ocon tem dois quintos lugares como melhores resultados.

“Com certeza foi difícil de engolir. Me vi vencendo o título [da F3] com uma rodada de antecipação e ele foi para a F1.”

“Foi bem difícil. Mas eu sabia que, com as pessoas certas que eu tinha ao meu redor, com o trabalho que eu estava fazendo, se eu estava vencendo títulos, minha vez iria chegar.”

“Estou aprendendo o tempo inteiro. Quanto mais carros você pilotar, melhor você fica quando o título chega.”

Reportagem adicional de Erwin Jaeggi

Próxima Fórmula 1 matéria
Chefe da Toro Rosso não se surpreende com melhoria da Honda

Previous article

Chefe da Toro Rosso não se surpreende com melhoria da Honda

Next article

Wolff alerta F1 para não “provocar” Marchionne

Wolff alerta F1 para não “provocar” Marchionne

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias