Ocon: dei um “enorme passo à frente” em 2017

compartilhar
comentários
Ocon: dei um “enorme passo à frente” em 2017
Por: Lawrence Barretto
15 de dez de 2017 15:23

Piloto francês diz que evoluiu ao “corrigir detalhes” e diz que conhecimento prévio das pistas possibilitou desempenhos fortes

Esteban Ocon, Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 and Tom McCullough, Sahara Force India F1 Team Chief Engineer
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10

Esteban Ocon disse ter obtido uma “enorme melhora” durante a temporada de 2017 da F1, já que pressionou de perto seu companheiro de Force India, Sergio Pérez.

O francês marcou pontos em 18 de 20 provas e terminou somente uma posição e 13 pontos atrás de Pérez na tabela de pontuação.

Ele impressionou ao marcar 43 pontos nas primeiras 10 corridas e 44 nas outras 10, tendo iniciado o ano com somente nove corridas na F1, feitas pela Manor no fim do ano passado.

“Foi uma transição suave, mas nunca é fácil chegar aos detalhes finais corretamente”, disse Ocon ao Motorsport.com.

“Você precisa conhecer as pessoas, entender o carro com as pessoas e eles precisam entender minhas impressões adequadamente.”

“Eu também precisava de experiência para saber como o carro irá render melhor com meu estilo de pilotagem. É o mesmo trabalho, mas trata-se de entrar no ritmo e não deixar nenhum detalhe escapar.”

“Obtivemos uma enorme melhora ao corrigir os detalhes. Estamos fazendo o mesmo trabalho, mas melhor.”

Ocon obteve sua melhor sequência de resultados após as férias de verão, terminando em sexto no GP do Japão e nos Estados Unidos antes de ser quinto no México.

“Isso vem do fato de que eu tinha experiência com a Manor nessas pistas”, disse.

“Chegar pela segunda vez a essas pistas na F1 me ajuda. Todo o conhecimento que tinha da temporada me ajudou a dar esse grande passo.”

Quando questionado sobre sua performance em comparação a Pérez, Ocon disse: “Minha meta é ser mais rápido que ele. Quero estar na frente dele, mas ele é um piloto muito rápido.”

“Mesmo que eu tenha andado à frente em várias corridas, tem sido muito parelho entre nós. Não posso relaxar.”

“Preciso continuar forçando, porque ele está lá o tempo inteiro. Quero ficar à rente e, no momento, estamos fazendo um trabalho forte, então temos que continuar.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Williams decide anunciar companheiro de Stroll em janeiro

Previous article

Williams decide anunciar companheiro de Stroll em janeiro

Next article

Circuito do Canadá revela projeto de modernização dos boxes

Circuito do Canadá revela projeto de modernização dos boxes

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Esteban Ocon
Equipes Force India
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias