Ocon: preciso provar meu valor à Mercedes em 2018

compartilhar
comentários
Ocon: preciso provar meu valor à Mercedes em 2018
Por: Scott Mitchell
19 de mar de 2018 10:18

Francês admite que temporada forte aumentará suas chances na F1 no ano que vem e coloca primeiro pódio como objetivo

Esteban Ocon, Force India VJM11
Esteban Ocon, Force India
Esteban Ocon, Force India
Esteban Ocon, Force India VJM11
Esteban Ocon, Force India VJM11
Esteban Ocon, Force India VJM11
Esteban Ocon, Force India VJM11
Esteban Ocon, Force India VJM11
Esteban Ocon, Force India

Piloto protegido da Mercedes, Esteban Ocon disse estar ciente de que precisa “confirmar” sua habilidade para seus chefes em sua segunda temporada completa na F1 com a Force India.

Ocon fez sua estreia na categoria em meados de 2016, com a Manor. Depois, mudou-se para a principal cliente da Mercedes, a Force India, para uma impressionante campanha completa em 2017.

Apesar de haver a expectativa de Lewis Hamilton renovar seu atual contrato, uma outra vaga ainda está em aberto na Mercedes.

Assim como o atual piloto do time, Valtteri Bottas, Ocon precisa se estabelecer acima dos outros nomes protegidos pela Mercedes, como Pascal Wehrlein e George Russell.

“Acho que é um dos anos mais importantes da minha carreira”, disse Ocon ao Motorsport.com.

“Depois de aprender muito no ano passado, todos esperam que eu me confirme neste ano, o que é normal. É nisso que meus chefes estão de olho.”

“Minha carreira é gerenciada pela Mercedes, então meus chefes me traçaram algumas metas para este ano e tenho de respeitá-las.”

“Sinto que, se eu fizer um trabalho forte, sempre haverá várias oportunidades, mas, no momento, estou totalmente focado na Force India, e isso é o mais importante.”

Ocon disse que sua preparação durante as férias da F1 incluiu “a correção de detalhes que pensei que não foram ótimos no ano passado”, o que ele disse que permaneceria confidencial.

“É meu próprio desenvolvimento pessoal, minhas forças e fraquezas físicas que senti que tinha. Tudo está corrigido agora. Me sinto mais do que pronto para começar o ano.”

Ocon será parceiro de Sergio Pérez pela segunda temporada seguida depois de uma campanha acirrada em 2017, na qual ambos se estranharam por várias vezes.

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse anteriormente que esperava que Ocon superasse Pérez durante a temporada de 2018, e Ocon identificou os treinos classificatórios como sua principal área para melhorar a fim de conseguir cumprir o objetivo.

Pérez largou na frente de Ocon em nove das primeiras 10 corridas no ano passado, apesar de que o francês reagiu na segunda metade da temporada e reduziu o placar para 13 a 7.

“Senti que, durante todo o ano, eu era rápido na corrida, mas me faltava um pouco de ritmo de classificação, especialmente no começo do ano”, refletiu Ocon.

“Isso foi embora no fim. Eu me sentia melhor e mais forte em classificação. Era mais normal e vinha até mim.”

Além de bater Pérez, Ocon disse que tem como alvo um pódio em 2018. “Temos tanta chance como nos anos anteriores, ou até mais”, disse.

“A Force India tem marcado pódios em todos os anos, e foi só no ano passado que não marcamos – mas no ano passado fomos mais competitivos do que no ano anterior. Acho que temos nossas chances e vou continuar buscando isso.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Alonso é um piloto “diferente” em 2018, diz McLaren

Previous article

Alonso é um piloto “diferente” em 2018, diz McLaren

Next article

Toro Rosso "saboreia" liberdade com Honda

Toro Rosso "saboreia" liberdade com Honda

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Esteban Ocon
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias