Ocon responde Perez e diz que não terá pressão extra em 2018

Piloto francês fala que irá trabalhar da mesma forma, e se vê mais forte para os desafios do próximo ano

Após a fala de Sergio Perez, na qual dizia que acreditava que seu companheiro de equipe na Force India, Esteban Ocon, poderia sentir mais a pressão do segundo ano sob os holofotes em um time emergente, o próprio francês negou.

Para ele, campeão da F3 europeia em 2014 e da GP3 em 2015, ter pessoas com altas expectativas sobre sua performance é sempre melhor.

"Eu me sinto bem com todos me observando por isso. Ter as pessoas esperando que eu vá melhor é sempre positivo", disse Ocon.

"Eu não tenho mais pressão, vou trabalhar da mesma forma com a equipe, sempre com dedicação e também treinarei da mesma maneira.”

"Eu não vou mudar muito, exceto que eu sou um piloto diferente agora em comparação com o início do ano. Eu aprendi muito mais, o que me ajudará no início do ano que vem. Já conheço pistas como Austrália, China e Mônaco. Isso me ajudará."

Com mais de uma temporada de experiência agora, Ocon diz que a maior coisa que aprendeu é não deixar que detalhes menores o empeçam de melhorar o desempenho em pista.

"Você não pode deixar detalhes influírem sobre isso. Quaisquer pequenos problemas, você não pode deixar isso influir", disse Ocon.

"Eles voltarão a ser grandes, então todos os detalhes que você pode consertar, você precisa consertar.”

"É o que eu aprendi neste ano, e coloco isso nas minhas performances".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Esteban Ocon
Tipo de artigo Últimas notícias