"Os pilotos terão muito o que aprender", diz Fry sobre novo regulamento

Diretor de engenharia da Ferrari diz que estilo das corridas mudará sensivelmente para os pilotos a partir do ano que vem

Com o novo regulamento da F-1 a partir da próxima temporada, Pat Fry, chefe de engenharia da Ferrari, acredita que o estilo das corridas mudará. Para ele, poupar o equipamento e o combustível vai ser uma realidade, assim como o trabalho do time para cada corrida terá de ser redobrado.

"Acho que as corridas serão bem diferentes no próximo ano", disse Fry. "Haverá uma quantidade máxima fixa de carga de combustível para a corrida e vários níveis de energia."

"É possível que haja diferenças consideráveis entre o ritmo máximo e um ritmo que visa a poupar energia e combustível, na medida em que poderia haver uma diferença entre 1s e 1.5s por volta na corrida. Nós estamos olhando para o que poderia ser a melhor estratégia a ser tão eficaz e eficiente possível, usando o que teremos.”

"Será importante trabalhar para cada pista e para cada corrida, onde e quando é melhor usar todo o potencial e onde devemos economizar combustível."

Fry também acredita que os pilotos terão de se adaptar ao estilo de corridas do novo regulamento. O engenheiro crê também que os mais experientes levem vantagem.

"Os pilotos terão muito o que aprender ", disse ele. "É uma grande reviravolta do que eles estão acostumados e caberá a nós engenheiros encontrar as melhores simulações. Caberá a eles a treinar muito mais, antes mesmo de ir para a pista pela primeira vez .

"Obviamente, ter um piloto experiente pode ser positivo: Quanto mais rápido eles aprendem certos mecanismos, mais facilmente eles serão capazes de se concentrar em seu trabalho normal de desenvolvimento do carro."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias