Otimista, Coughlan vê novo carro da Williams confiável

Diretor do time de Grove não mostra preocupação com fato de ter rodado menos do que a maioria dos times na pré-temporada

Com um carro bom e uma dupla de jovens pilotos, a Williams não conseguiu em 2012 nada melhor do que 76 pontos. Mesmo ganhando o GP da Espanha, primeira vitória do time em pouco menos de oito anos, o time foi apenas o oitavo colocado..

Para 2013, a constância é a meta da tradicional equipe inglesa comandada por Frank Williams. E, segundo o diretor-técnico da escuderia, Mike Coughlan, não há motivo para se preocupar com o ritmo de corrida do novo FW35.

“Concluímos os testes do FW35 com sucesso, sem qualquer grande problema que nos fizesse parar. Trouxemos um pacote de atualizações, e em corrida o carro parece competitivo”, afirma o dirigente.

Um novo conjunto de asas atualizado trazido para o teste em Barcelona deu resultados, segundo Pastor Maldonado e Valtteri Bottas. Os pilotos sentiram uma grande melhora no equilíbrio do carro.

Falando do GP da Austrália, daqui a pouco menos de duas semanas, Coughlan não vê com preocupação e acha que não haverá grande efeito a mudança de temperatura, do frio europeu para o calor de Melbourne.

“Completamos os testes com um 'set' de peças, incluindo a mesma caixa de câmbio. Então estamos com boa confiabilidade”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias