Otimista, Maldonado diz ter acertado carro para a corrida

Venezuelano foi apenas o 14º nos treinos livres, mas acredita que a Williams terá um ritmo melhor na classificação

Mesmo fechando a sexta-feira em Monza com o 14º lugar, Pastor Maldonado se mostrou otimista para o GP da Itália. Segundo o venezuelano, a Williams focou somente no acerto para a corrida, o que explica o mau desempenho na tabela de tempos, mas na classificação a história deve ser diferente.

“Deu para trabalhar bastante e conseguimos completar o programa que tínhamos planejado para hoje e vamos bem tranquilos para a classificação”, afirmou ao TotalRace. “Tínhamos uma boa quantidade de gasolina e o carro foi muito consistente. Trabalhamos mais em configuração de corrida. Esperamos estar muito mais competitivos amanhã.”

Maldonado explicou que Monza é um dos circuitos em que se pode recuperar mais na corrida, por isso a Williams focou tanto em ritmo de corrida nos treinos livres.

“Acho que dá para recuperar bastante aqui, por isso estamos trabalhando em acerto de corrida. Queremos um equilíbrio consistente, que não desgaste tanto o pneu e foi isso que testamos hoje. Há um comprometimento aqui entre o segundo setor, com algumas curvas de média, e os dois primeiros, que têm retas muito longas. É necessário equilibrar a velocidade de reta e de curva.”

Segundo o venezuelano, embora a sexta-feira tenha sido marcada pela dificuldade dos pilotos em melhorar com o pneu médio, a tendência é que a evolução da pista aumente a diferença entre os compostos.

“Há poucas curvas aqui, são seis ou sete, então o composto não faz muita diferença. Amanhã, creio que a diferença será maior, pois a pista seguirá melhorando. Vai haver a classificação e a corrida da GP2 e, quanto mais for emborrachando, maior será a diferença entre o médio e o duro.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias