Pai defende contratação de Sirotkin: “Mais forte que Kubica”

Oleg Sirotkin insiste que seu filho se mostrou mais competitivo que o polonês, além de ter dado retorno técnico satisfatório

O pai de Sergey Sirotkin, Oleg, defendeu a contratação de seu filho pela Williams e afirmou que o jovem piloto fez por merecer a vaga na temporada de 2018 da F1.

Na última terça-feira (16), Sirotkin foi confirmado no último cockpit que ainda estava em aberto para o próximo campeonato. Além do aporte financeiro, estimado em £ 15 milhões, o russo também mostrou desempenho consistente nos testes, o que garantiu a vitória na disputa contra Robert Kubica pelo posto.

Para Oleg, o piloto russo fez a diferença em seu desempenho na pista. “Sergey provou ser mais forte que Kubica nos testes, tanto em classificação quanto em ritmo de corrida”, disse, em entrevista à agência de notícias russa Tass.

“Sergey também testou no simulador, onde mostrou um ótimo conhecimento. Ele deu um retorno acima do nível de outros jovens pilotos antes dele”, acrescentou.

Entende-se que a conclusão da Williams após os testes de Abu Dhabi foi de que Sirotkin se mostrou mais competitivo em ritmo de classificação (com os tempos corrigidos levando em conta os compostos de pneus), sendo que sua performance com tanque cheio também se mostrou mais convincente.

Assim, a Williams contará com a dupla mais jovem do grid de 2018, com ambos os pilotos com idade agregada de 41 anos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Robert Kubica , Sergey Sirotkin
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias