Palmer culpa Verstappen por acidente "bobo"

compartilhar
comentários
Palmer culpa Verstappen por acidente
Por: Tom Errington
30 de set de 2017 15:34

Piloto da Renault afirmou que holandês não respeitou volta rápida no terceiro treino livre, mas que não há necessidade de punição

Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17, broken front wing in FP3
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17, broken front wing in FP3
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13. Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team

Jolyon Palmer e Max Verstappen bateram na última curva de Sepang depois que o britânico se aproximou do holandês em uma volta mais rápida.

Palmer teve a asa dianteira danificada no incidente e Verstappen teve o pneu traseiro esquerdo furado, mas nenhuma punição foi determinada pelos comissários.

O piloto da Renault disse que Verstappen foi o culpado por ter entrado na linha mais rápida.

"Eu estava em uma volta rápida, ele estava em uma volta lenta", disse Palmer ao Motorsport.com. "O piloto lento deve sair do caminho."

"Você não tem permissão de impedir uma volta rápida, mas ele ficou na minha linha, então fui por dentro e freei 20 metros mais cedo com muita cautela, mas ele também pegou o mesmo caminho e eu não esperava."

"Se você está tentando se preparar para a volta, você normalmente precisa ficar fora de qualquer jeito. Eu simplesmente não entendo porque ele estava naquela parte da pista."

"Acho que foi um acidente bobo e você não quer esse tipo de coisa no TL3."

Quando perguntado se o seu bloqueio na entrada da curva contribuiu para a colisão, Palmer disse ao Motorsport.com: "Acho que o que contribuiu foi Max fazendo a curva por dentro."

"Os dados mostram que eu freei 20 metros cedo e estava no controle, e assim que ele começou a vir pra cima de mim, eu tive que pressionar os freios mais para evitar o acidente."

Palmer disse que ele e Verstappen discordaram sobre a causa do acidente, mas que o piloto da Red Bull não precisava ser punido.

"Na visão dele é que ele está autorizado a me bloquear, a minha visão é que foi bobo ele fazer isso", disse ele. "É apenas uma coisa de respeitar minha volta rápida."

"Neste fim de semana eu deixei muitos me passarem na última curva. Se você não está longe o suficiente, deixe-os ir porque eles estão em uma volta rápida. Então você começa a volta atrás deles, eles fazem sua volta rápida e saem do caminho, para que todos possam ser felizes."

"Eu não estou incomodado, ele não foi punido porque não faz diferença. Eu só acho que precisamos aprender com isso, mostrar mais respeito."

Próxima Fórmula 1 matéria
Em 7º e derrotando Alonso, Vandoorne vê GP difícil à frente

Previous article

Em 7º e derrotando Alonso, Vandoorne vê GP difícil à frente

Next article

Com virose, Pérez se prepara para "grande desafio" em Sepang

Com virose, Pérez se prepara para "grande desafio" em Sepang
Load comments