Palmer deixa Renault após GP do Japão

Piloto britânico deve deixar a equipe, com Carlos Sainz se preparado para substituí-lo na próxima corrida, nos Estados Unidos

Após meses de especulações sobre o futuro de Jolyon Palmer, que seria substituído por Carlos Sainz para a próxima temporada, ele revelou, após a qualificação para o GP do Japão, que a corrida de domingo em Suzuka será sua última com a Renault.

Escrevendo no Instagram, ele disse: "O GP japonês de amanhã será a minha última corrida para a Renault. Com a minha penalidade no grid, vou começar perto da parte de trás, mas vou dar tudo como sempre. Obrigado a todos pelo apoio durante os últimos dois anos, isso significa muito!"

A Renault confirmou que a Palmer vai deixar o time depois deste fim de semana, mas ainda não anunciou quem irá substituí-lo. No entanto, é provável que Sainz deixe a Toro Rosso.

A mudança de Sainz dará uma oportunidade para Daniil Kvyat retornar à ação se Pierre Gasly optar por correr em Austin em vez de retornar à Super Formula.

Palmer enfrentou dúvidas sobre seu futuro imediato no time desde que surgiu a informação de que Sainz havia sido assinado para 2018.

No entanto, seu sexto lugar no GP de Cingapura pareceu diminuir a pressão sobre a Renault quanto ao lugar da Palmer no time.

Não está claro por que uma decisão foi tomada para acabar com seu relacionamento neste momento.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jolyon Palmer
Tipo de artigo Últimas notícias