Palmer rejeita oferta para deixar Renault em 2017, diz site

Piloto inglês recebeu proposta para romper contrato e dar lugar a Sainz ainda este ano, mas deverá completar a atual temporada

Ao que tudo indica no momento, Jolyon Palmer deverá de fato completar a temporada de 2017 da F1 pela Renault. O piloto inglês e seu estafe recusaram uma proposta da equipe francesa para uma rescisão imediata, o que abriria espaço para a chegada de Carlos Sainz ainda este ano.

A informação foi publicada no site GrandPrix.com. Palmer teria recebido uma oferta de US$ 3 milhões para deixar a Renault antes do previsto, mas que, como quer mostrar serviço na busca por uma vaga em 2018, decidiu permanecer no cockpit.

Ainda de acordo com o site, a Renault estuda aumentar a proposta, especialmente porque o piloto indicou que somente aceitaria valores acima de US$ 7 milhões.

Palmer já está fora da Renault para 2018, já que a equipe confirmou oficialmente a chegada de Carlos Sainz em seu lugar. Ele, que recentemente conquistou o melhor resultado de sua carreira, com o sexto lugar no GP de Cingapura, ainda busca alternativa para permanecer no grid – a que lhe parece mais viável é na Williams. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias