Para Alonso, chave da corrida será administrar desgaste dos pneus

Espanhol, que ficou em terceiro no dia, vê Ferrari menos competitiva do que em Monza, mas classifica sexta como positiva

Alonso em ação nesta sexta-feira

Líder do campeonato com 37 pontos de vantagem para a concorrência, Fernando Alonso terminou a sexta-feira de treinos na terceira posição, atrás de uma McLaren e uma Red Bull. Mesmo assim, o espanhol classificou o dia como positivo e acredita em um acentuado desgaste de pneus para domingo, o que, segundo ele, será a chave para a corrida.

“Estou certo de que o desgaste de pneus no domingo será significativo e administrá-lo o melhor possível será o mais importante. Hoje foi um pouco difícil de testar a duração dos pneus devido ao tráfico, então é difícil dizer onde estamos em relação aos nossos concorrentes”, declarou o bicampeão mundial.

Segundo Alonso, a Ferrari fez diversas mudanças para este final de semana, mas ainda procura o melhor acerto para a pista de Cingapura. “Tentamos vários novos componentes no carro e  alguns parecem ser positivos, outros nem tanto. Talvez, no caso destes últimos, seja preciso gastar um pouco mais de tempo para desenvolvê-los ao máximo. Mas, no geral, eu diria que foi um dia positivo, mesmo que a primeira impressão seja de que não estamos tão competitivos como em Monza. Ainda nos falta um pouco de desempenho em pistas como esta, nas quais você precisa de pressão aerodinâmica máxima”, explicou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias