Para Alonso, escolha livre de pneus traria mais emoção para F1

compartilhar
comentários
Para Alonso, escolha livre de pneus traria mais emoção para F1
Charles Bradley
Por: Charles Bradley
Traduzido por: Gabriel Carvalho
11 de ago de 2015 14:13

Bicampeão acredita que permitir aos pilotos escolher os compostos que mais se adequem às próprias necessidades aumentaria a imprevisibilidade das corridas

Fernando Alonso, McLaren Honda
Fernando Alonso, McLaren MP4-30
Fernando Alonso, McLaren MP4-30

Fernando Alonso, que obteve o melhor resultado da temporada com o quinto lugar no GP da Hungria, acredita que se os pilotos tivessem liberdade para escolher os pneus utilizados a cada corrida a F1 teria mais variáveis e, consequentemente, mais emoção.

A Pirelli já falou em um sistema de "wild card" para algumas etapas da próxima temporada com o objetivo de flexibilizar as opções das equipes, mas o espanhol gostaria de ter um pouco mais de liberdade.

"Eu acho que se tivéssemos um número limitado de jogos de pneus para o ano inteiro, talvez 20 de cada tipo (duros, médios, macios e supermacios) e então você escolhe quais você quer levar para cada GP”, disse.

"Talvez em algumas pistas, você não estaria no mesmo patamar que os concorrentes – às vezes você poderia arriscar mais, em outras ser um pouco mais conservador. Creio que isso poderia funcionar”, observou.

O asturiano relembrou ainda a era da ‘guerra de pneus’, quando as fornecedoras disponibilizavam diferentes tipos de pneus para cada equipe, de acordo com as necessidades de cada chassi.

"Não é uma ideia nova: com os Michelin, todos nós tínhamos diferentes compostos. A McLaren tinha os dela, a Renault também – às vezes mais macios na frente, às vezes duros, e a distribuição de peso também era diferente. Agora temos os mesmos limites de cambagem, de distribuição de peso e de compostos”, concluiu.

Arrivabene concorda com Alonso

O piloto da McLaren não está sozinho no pedido por uma maior flexibilidade na escolha de pneus. Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari, também deseja um leque maior de opções em relação aos compostos para poder mexer mais com a estratégia.

"Em relação aos pneus, estou sonhando com o dia em que as equipes poderão fazer suas próprias escolhas. Com isso, a F1 se tornará mais interessante”, ponderou o dirigente.

Próxima Fórmula 1 matéria
Chefe da Mercedes diz que “tapa” dado pela Ferrari foi positivo

Previous article

Chefe da Mercedes diz que “tapa” dado pela Ferrari foi positivo

Next article

Diretor técnico da Williams se orgulha de críticas feitas ao time

Diretor técnico da Williams se orgulha de críticas feitas ao time
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Equipes McLaren Shop Now
Autor Charles Bradley
Tipo de matéria Últimas notícias