Para Alonso, ritmo ruim da Ferrari era esperado desde sexta

Espanhol lamenta boa velocidade de Hülkenberg nas retas, o que não permitia que pudesse passar o piloto da Sauber

Dessa vez Alonso não pôde fazer milagre. No pódio nas últimas três provas antes da Coreia, o piloto teve de se contentar com um sexto lugar após brigar com Hamilton e Hülkenberg nas últimas voltas da corrida.

O piloto relatou que desde sexta-feira seu F138 degradava mais os pneus que os outros carros, o que culminou em falta de ritmo durante a prova de hoje.

“Já na sexta-feira vimos que degradávamos os pneus mais que o esperado, mais que os rivais. Ontem não tivemos bom ritmo na classificação, e o problema se confirmou hoje. Não tivemos ritmo em quase nenhuma parte da corrida”, falou ao TotalRace.

“Tivemos Hülkenberg 55 voltas na nossa frente. Na reta, não chegávamos e nas curvas castigávamos mais os pneus. Mas, pela sexta-feira, nosso desempenho foi não foi surpreendente.”

Falando do piloto alemão, Alonso disse que não pôde passá-lo graças ao ritmo superior da Sauber nas retas. “É um pouco frustrante quando você é um pouco mais rápido. Não muito, mas o suficiente para batalhar com as Mercedes. Hamilton também teve dificuldades, acho que qualquer um que estivesse atrás de Hülkenberg não conseguiria”, relatou.

“Chegávamos nele no último setor, mas na reta dos boxes ele escapava. Ele tinha um pouco menos de asa, saia bem da primeira curva e não cometeu erros”, finalizou Fernando.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias