Para Alonso, tanto faz ter companheiro forte ou escudeiro

compartilhar
comentários
Para Alonso, tanto faz ter companheiro forte ou escudeiro
Por: Julianne Cerasoli
26 de jan de 2012 11:30

Espanhol diz que já viveu todas as experiências possíveis e que "só importa fazer seu trabalho da melhor maneira"

Alonso divide a equipe com Massa pelo terceiro ano

 

Ter um companheiro forte, que o faça tentar se superar a cada prova, ou aquele fiel escudeiro com quem não tem que se preocupar? Fernando Alonso garante que, depois de viver todo tipo de experiência em seus 10 anos de F-1, tanto faz.

“Acredito que todos os pilotos que estão na F-1 são capazes de fazer as duas coisas. Há dias em que as coisas funcionam melhor e você consegue ficar à frente de seu companheiro e outros em que, se não fizer tudo perfeito, seu companheiro estará a sua frente, pois todos são muito bons.”

Para o espanhol, o que importa no final das contas é sua própria performance, e não como ela se mede em relação ao companheiro.

“Tive todos os tipos de experiência em minha carreira e, no final das contas, percebe que a única coisa que importa é você fazer seu trabalho da melhor maneira possível. Se seu companheiro está dois décimos atrás ou à frente, não muda muita coisa.”

O piloto da Ferrari, no entanto, ressalta que é importante o piloto e seu companheiro trabalharem na mesma direção – e sem interferência negativa da equipe.

“O que está claro é que, com seu companheiro, você tem de ter uma relação boa pois, para ganhar, você precisa dele e ele, para ganhar, precisa de você. Se os dois estiverem unidos e a equipe estiver unida com ambos, se consegue o êxito. Se uma destas três coisas não está em perfeita harmonia, a coisa se complica.”

É o que a Ferrari vem fazendo, segundo Alonso. “Nestes anos na Ferrari conseguimos ter as três coisas. É claro que Felipe teve alguns problemas, principalmente em relação aos pneus, dos quais não conseguiu tirar todo rendimento e, por isso, não foi tão rápido quanto poderia. Vamos ver se isso se soluciona em 2012 e ele possa lutar por ganhar corridas, o que seria a melhor notícia para a Ferrari.”

(colaboraram Luis Fernando Ramos e Felipe Motta)

Próxima Fórmula 1 matéria
Caterham espera incomodar o meio do pelotão com novo carro

Previous article

Caterham espera incomodar o meio do pelotão com novo carro

Next article

Barrichello confirma teste na Indy "para ajudar irmão"

Barrichello confirma teste na Indy "para ajudar irmão"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias