Para Alonso, vitória da Red Bull joga pressão na McLaren

Com motor Renault no ano que vem, time de Woking terá como referência performances da Red Bull e terá que disputar vitórias, diz espanhol

Para Fernando Alonso, a vitória de Max Verstappen em Sepang coloca pressão em cima da McLaren para que seja feito um carro vencedor no ano que vem.

A McLaren consistentemente diz que acredita que tem um dos melhores chassis no grid da Fórmula 1. No entanto, o time não tem pontos de referência, já que é a única equipe que usa as unidades de potência da Honda desde 2015.

No entanto, com a mudança para os motores da Renault em 2018, a equipe de Woking terá duas referências importantes, a Red Bull e a Renault.

Embora encorajado pelo domínio de Verstappen em Sepang, Alonso admitiu que o sucesso do holandês significa que a McLaren não terá desculpas para não vencer no próximo ano.

"Vimos em Monza um excelente desempenho da Red Bull. Lá é um circuito de potência", disse o piloto espanhol. "Nós já estávamos bastante satisfeitos com a performance da Red Bull.”

"A Malásia foi outro passo à frente. Eles derrotaram a Mercedes sem chuva e sem qualquer estratégia diferente, sem nada. Então, isso foi bom.”

"Mas, ao mesmo tempo, isso pressiona a McLaren. Eu acho nosso carro bastante eficiente neste momento, ele é tão bom quanto a Red Bull no lado do chassi.”

"Precisamos garantir que façamos o nosso trabalho no lado do chassi, porque o motor pode entregar vitórias, como prova a Red Bull.”

"Precisamos combinar esse desempenho no chassi, e isso será um desafio com certeza."

Perguntado se é realista esperar que o time ande junto da Red Bull em 2018, Alonso acrescentou: "Sim, acho que sim”.

"Eu acho que o desafio é: Como a McLaren poderia estar na frente? Mas a McLaren nunca deve ter medo de andar junto de nenhuma outra equipe, porque a McLaren deve vencer qualquer outra equipe."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Equipes Red Bull Racing , McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias