Para Brawn, chegou a hora de traduzir potencial em resultados

Novo chefe de Lewis Hamilton comemora chegada do piloto à equipe e diz que estrutura está pronta para disputar o título

O novo chefe de Lewis Hamilton, contratado por três temporadas pela Mercedes, Ross Brawn, salientou que, após três anos melhorando sua estrutura, chegou o momento da equipe dar o salto necessário para disputar o título. Em 52 GPs na F-1, o time conquistou apenas uma vitória, com Nico Rosberg, no GP da China deste ano. “A chegada de um piloto do calibre de Lewis é um testamento da importância da Mercedes-Benz na F-1 e tenho orgulho que Lewis divida esta visão e ambição pelo sucesso com as Flechas de Prata. Acredito que a combinação de Lewis e Nico será uma das mais dinâmicas do grid no ano que vem, e estou animado para o que podemos conquistar juntos.”

A Mercedes voltou à F-1 em 2010, assumindo a estrutura da equipe Brawn que, ainda que tenha sido campeã de construtores e pilotos no ano anterior, perdeu fôlego no decorrer do ano por falta de investimento. A missão dos alemães tem sido reerguer o time. “Nos últimos três anos, temos colocado no lugar as fundações necessárias para competir regularmente por campeonatos. Por trás, criamos uma equipe tecnicamente mais forte, mais experiente e com melhores recursos", disse Brawn. “O potencial está lá para igualar qualquer outra equipe no grid, o que é o padrão mínimo para uma equipe de fábrica da Mercedes. Nossa prioridade é traduzir esse potencial para uma performance de pista na próxima temporada e além disso", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias