Para Button, história de Senna e Prost no Japão não é bonita

compartilhar
comentários
Para Button, história de Senna e Prost no Japão não é bonita
11 de out de 2013 12:01

Vencedor da corrida em Suzuka em 2011, britânico não vê duelos como momentos felizes da história da F-1

Dos 22 pilotos do grid atual, a imensa maioria ama correr em Suzuka. A pista, remanescente com seu traçado desde a época clássica da F-1, é uma das mais técnicas do calendário atual do campeonato.

Para Jenson Button, não é diferente. Inclusive, sua namorada, a modelo Jessica Michibata, é filha de mãe japonesa e pai argentino, mas, por ter passado sua infância no Japão, tem profunda ligação com a chamada terra do sol nascente.

Ouvido pelo TotalRace, Jenson falou sobre os momentos épicos do GP do Japão, mas deixou claro que o duelo Senna x Prost não é um deles.

“A história de Senna e Prost em Suzuka não é muito bonita, eu não acho”, falou. “É uma daquelas coisas que você lembra, a luta entre Ayrton e Alain por alguns anos quando estavam na mesma equipe, quando foram campeões. Mas não são memórias felizes das corridas aqui”, relatou.

Senna e Prost decidiram em Suzuka os títulos de 1988, 1989 e 1990. No primeiro, Senna, que largava na pole, deixou seu motor apagar e caiu para 16º. Em meia corrida, o brasileiro, se aproveitando de uma chuva fraca que caia no circuito, se aproximou de Prost, líder até então. Ayrton o passou para ser campeão. Em 1989, Prost jogou seu carro em Senna na última chicane para impedir que o brasileiro o passasse para adiar a decisão do título. No ano de 1990, foi a vez de Senna bater e Prost na primeira curva para garantir o título e impedir a vitória do francês.

“As vitórias de Häkkinen foram muito especiais, mas tenho que dizer que também lembro muito da vitória de Kimi. Eu estava correndo”, completou Jenson.

“O treino foi em condições adversas, eu havia me classificado no seco e estava na primeira fila, ele se classificou na chuva. E ele veio do fundo do grid e ganhou. Acho que ele assumiu a ponta na última volta e venceu. Foi uma ótima corrida, muito boa”, falou sobre a corrida em Suzuka no ano de 2005, quando Räikkönen, vindo de 17º, passou o italiano Giancarlo Fisichella na última volta para ganhar até hoje seu único GP do Japão.

Próxima Fórmula 1 matéria
Ex-piloto Maria de Villota é encontrada morta na Espanha

Previous article

Ex-piloto Maria de Villota é encontrada morta na Espanha

Next article

Em dia acidentado, pilotos destacam dificuldade do circuito de Suzuka

Em dia acidentado, pilotos destacam dificuldade do circuito de Suzuka
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Jenson Button Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias