Para Clos, pilotos "dariam o braço direito" para vaga na HRT

Recém-confirmado como reserva na equipe, espanhol diz confiar na palavra do time de que participará de treinos livres

Clos participou do testes para jovens pilotos pela HRT

A vaga pode estar longe de ser em uma equipe de ponta mas o recém-confirmado piloto de testes da HRT, Dani Clos, acredita que muitos pilotos “dariam o braço direito” para estar no seu lugar.

Ao contrário do também espanhol Andy Soucek, que rompeu com a Marussia antes do final da temporada após a equipe não cumprir a promessa de lhe ceder o carro nos treinos livres de sexta-feira em nenhuma sessão, Clos espera que a HRT mantenha sua palavra.

“Sim, sim, farei as sextas-feiras. Não vou ser daqueles que estão lá só por estar. Não tenho medo nesse sentido. Confio na equipe.”

O espanhol insistiu ainda que não está na equipe pelo dinheiro. “Definitivamente não é o motivo de eu estar aqui”, afirmou ao As. Até porque, segundo o piloto, se esse fosse o caso ele seria companheiro de Pedro de la Rosa na equipe, no lugar do indiano Narain Karthikeyan.

“É óbvio que se você contribuir mais você tem mais opções, mas esse é o lugar para mim agora, é onde eu devo estar.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Dani Clos
Tipo de artigo Últimas notícias