Para ex-piloto, Kvyat deu “chance perfeita” à Red Bull

Atual comentarista da Sky Sports F1, Martin Brundle diz que erro de russo deu ao time oportunidade de promover Verstappen

O incidente da primeira volta no GP da Rússia deu uma chance de ouro para a Red Bull testar Max Verstappen em sua equipe principal. Esta é a conclusão do ex-piloto e atual comentarista Martin Brundle. Segundo ele, para proteger o holandês, o time precisou ceifar Kvyat da equipe.

"Foi a oportunidade perfeita para a Red Bull para tirar Kvyat do caminho. Eles querem fazer algo com Max, eles precisam protegê-lo para mantê-lo na Red Bull", disse Brundle à Sky Sports.

"Eles sabem que a Mercedes quer ele, eles sabem que a Ferrari vai querer ele e outras equipes também, por isso foi um golpe de mestre da Red Bull na verdade, mas brutal com Kvyat."

Brundle diz que a mudança vai permitir que a Red Bull avalie completamente Verstappen com Daniel Ricciardo sendo um novo ponto de referência.

"A Toro Rosso está andando com o motor Ferrari de 2015, e sob as regras atuais eles não podem desenvolver esse motor. Por isso, a Toro Rosso vai ter problemas com o desempenho na medida que a temporada passar", disse ele.

"Eles vão querer manter Verstappen feliz, e vão querer validá-lo contra Daniel Ricciardo. Eles serão uma dupla interessante."

Brundle acha a troca também dará a Carlos Sainz Jr uma chance para se destacar.

"A Red Bull ter dado a Kvyat a chance de se redimir, o colocando na Toro Rosso com Carlos Sainz deve ter deixado ele (Sainz) um pouco frustrado", acrescentou.

"Eu acho que Sainz tem tudo. Agora é a sua chance de realmente brilhar, porque também houve algum atrito.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat , Max Verstappen
Tipo de artigo Últimas notícias