Para Ferrari, andar na chuva e na neve não faria sentido

compartilhar
comentários
Para Ferrari, andar na chuva e na neve não faria sentido
Por: Glenn Freeman
28 de fev de 2018 19:50

Time de Maranello lamenta dia perdido na Espanha, mas diz que não irá mudar programação dos pilotos

Ferrari pit wall gantry
Mercedes AMG F1 snowman
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Mercedes AMG F1 snowman
Robert Kubica, Williams FW41
Robert Kubica, Williams FW41
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14

Apenas cinco times foram à pista hoje em Barcelona. Com o tempo frio, chuva e neve no início da manhã, o terceiro dia de testes da pré-temporada da Fórmula 1 foi perdido.

Após o mau dia, a Ferrari – que não saiu dos pits – reconheceu que tentar fazer algum tipo de programa hoje não faria sentido.

"Mesmo quando a neve se transformou em chuva pela tarde, as temperaturas nunca chegaram nas necessárias para se correr com um carro da Fórmula 1", falou a Ferrari em seu site.

"A temperatura do ar era pouco mais de dois graus, com a pista uma fração mais. Não havia nenhum motivo para se aventurar, porque com temperaturas tão baixas, mesmo os pneus para pista molhada não funcionariam corretamente. Além disso, correr não geraria dados valiosos sobre o desempenho do carro.”

"Durante a tarde, Kimi Raikkonen e a equipe tomaram a única decisão razoável, ou seja, cancelaram o dia. Dia que, nos termos do regulamento atual, não poderá ser recuperado mais tarde."

A Ferrari disse que não mudará a programação de seus pilotos, apesar de Raikkonen ter perdido um dia. Sebastian Vettel assumirá o carro amanhã e os pilotos dividirão o segundo teste da próxima semana.

Robert Kubica, que se aventurou por uma volta com sua Williams, disse que foi muito difícil guiar nestas condições.

"Parou de nevar antes do meio-dia, mas ainda havia muita água parada", disse o polonês.

"Nós tentamos, mas foi quase impossível fazer qualquer coisa. Então, ficamos na garagem pela maior parte do tempo."

Diretor técnico da Williams, Paddy Lowe disse que a equipe passou seu tempo "fazendo testes de acerto na garagem".

A Mercedes juntou-se à Ferrari e também não entrou na pista.

Diretor técnico, James Allison disse: "nós agora temos um dia a menos de testes disponível para nós, então vamos mudar o nosso programa e tentar fazer caber todo o trabalho que precisamos fazer em sete dias, não em oito".

"Os testes de inverno são sempre apertados, mas isso é apenas porque você está tentando alcançar o máximo possível.”

"Há apenas um pouco menos de tempo disponível agora. É o mesmo desafio para todas as equipes".

Próxima Fórmula 1 matéria
Hulkenberg: "Alonso pode se cansar de fazer F1 e WEC"

Previous article

Hulkenberg: "Alonso pode se cansar de fazer F1 e WEC"

Next article

Pérez e Ocon dizem que problemas de 2017 são passado

Pérez e Ocon dizem que problemas de 2017 são passado

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Glenn Freeman
Tipo de matéria Últimas notícias