Para Hamilton, disputa de 2014 é mais difícil que briga com Massa

Inglês compara lutar pelo campeonato mundial com companheiro de equipe a uma partida de poker

A luta pelo título de 2014 vem sendo uma experiência mais dura para Lewis Hamilton do que sua campanha para chegar ao título de 2008. A explicação do inglês é que, enquanto há seis anos tinha dois pilotos da Ferrari como rivais – Kimi Raikkonen e, principalmente, Felipe Massa, que acabou a um ponto de roubar-lhe o título – agora tem de brigar com suas próprias armas. Afinal, seu único rival é seu companheiro de equipe, Nico Rosberg.

[publicidade] “A batalha parece muito mais intense neste ano”, afirmou o vice-líder do mundial em evento com patrocinadores. Ele e Rosberg estão separados por 11 pontos após 11 etapas disputadas.

“Quando eu estava correndo contra Raikkonen e Massa, eles estavam em outra equipe e o carro deles tinha pontos positivos e negativos distintos em relação a meu carro e, na minha equipe, era só eu que estava realmente competindo com eles”, lembra o inglês, que na época era companheiro de Heikki Kovalainen.

“Agora estou correndo contra um cara que tem o mesmo carro que eu – temos acesso exatamente aos mesmos dados então é muito difícil tentar estar na frente. É um pouco como jogar poker – você tem algumas cartas e o outro cara não deve saber o que você tem, mas Nico e eu podemos ver as cartas um do outro, então é mais difícil.”
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias