Chefe da Red Bull crê em Mercedes vencendo com duas voltas de vantagem na Austrália

compartilhar
comentários
Chefe da Red Bull crê em Mercedes vencendo com duas voltas de vantagem na Austrália
Por: Guilherme Carvalho
11 de mar de 2014 09:52

Christian Horner diz que, com base no que foi visto na pré-temporada, não seria surpresa ver tal domínio

Chefe da equipe que dominou a F1 nos últimos quatro anos, Christian Horner não acredita que a ‘competição de uma equipe só’ esteja chegando ao fim, diante das dificuldades encontradas pela Red Bull nesta pré-temporada. Para o dirigente, o domínio deve apenas mudar de mãos.

“Vocês podem muito bem ver mais do mesmo, mas não com nosso domínio, mas da Mercedes”, resumiu ao jornal inglês The Telegraph. Segundo Horner, o GP da Austrália, que abre a temporada da F1 neste domingo, pode mostrar uma vantagem enorme da equipe alemã.

“Com base no que vimos na pré-temporada, não seria surpresa se eles terminassem duas voltas na frente da concorrência em Melbourne”, exagerou.

Já a Red Bull teve diversos problemas nos testes em Jerez e no Bahrein. Tanto de velocidade, como, principalmente, de confiabilidade. Horner espera resolver tudo o mais cedo possível. “Pelo que podemos ver neste momento, todas as equipes com motores Mercedes estão bem e nós não. Tivemos alguns problemas de refrigeração no início, mas nós trabalhamos duro para resolver isso. Esperamos que, assim que chegarmos à Europa, veremos melhorias significativas”, afirmou.
Próxima Fórmula 1 matéria
Após carreira inteira de Ferrari, Massa se impressiona com motor Mercedes

Previous article

Após carreira inteira de Ferrari, Massa se impressiona com motor Mercedes

Next article

Para Grosjean, Lotus chega à Austrália menos preparada do que em 2013

Para Grosjean, Lotus chega à Austrália menos preparada do que em 2013
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Autor Guilherme Carvalho
Tipo de matéria Últimas notícias