Para 'imitar' Ayrton Senna, líder Hamilton se motiva por título

Britânico afirmou que, quando criança, sonhava em repetir Senna e se sagrar tricampeão mundial

Hamilton quer o segundo para buscar o terceiro e igualar Senna
O sonho de ‘ser’ Ayrton Senna. Lewis Hamilton persegue as lembranças da infância na dura realidade da Fórmula 1. Depois da vitória obtida no GP de Cingapura, no último final de semana, o britânico deu um passo importante ao assumir a liderança do Mundial de Pilotos. 
 
[publicidade] Campeão em 2008, o inglês surge como grande favorito a repetir o feito, restando apenas cinco etapas para o final da temporada. O objetivo, ao final da carreira, é igualar Ayrton Senna, o grande ídolo do britânico.
 
“Sempre dizia como mais jovem que adoraria repetir Ayrton, por isso acho que um tricampeonato está muito bom. Não começo uma temporada com a meta: ‘Ok, quero fazer o que Michael Schumacher fez’”, declarou Lewis Hamilton à ‘Sky Sports’.
 
“Conquistei um título há seis anos e tive temporadas difíceis desde então, esse tem sido um ano difícil. Será complicado para mim terminar a carreira, com tanto potencial, e ter conquistado só um título. Será difícil, então quero fazer tudo para puder evitar isso”, complementou.
 
O grande adversário de Lewis Hamilton neste ano é o companheiro de Mercedes, Nico Rosberg. Depois do último final de semana, o britânico chegou aos 241 pontos, três a mais do que o alemão, com quem se envolveu em polêmicas nos últimos tempos.
 
Farpas foram trocadas publicamente, e o clima de amizade entre os dois não existe mais. “Gosto de responder na pista, porque meu pai sempre me ensinou assim. Essa é minha filosofia e muito mais importante do que qualquer conversa”, encerrou.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias