Para Jos, Max mostrou espírito lutador em briga com Sainz

Pai do holandês de 18 anos, ex-piloto vê resultado desapontador após corrida na Austrália, mas crê em Max mais forte

Depois de toda a animosidade mostrada durante o GP da Austrália nas comunicações de rádio, após o holandês Max Verstappen ter sido ultrapassado por Carlos Sainz Jr. na estratégia da Toro Rosso, Jos Verstappen deu seu apoio ao filho.

Para o ex-piloto, a corrida foi positiva para o aprendizado de Max, que chegou em décimo após ter largado em quinto.

"Eu acho que é bom que tenhamos alguns pilotos capazes de agredir. Ele definitivamente não é um piloto que só fala 'sim' e 'amém'", disse Verstappen ao Motorsport.com.

"Ele quer ir para frente, ele quer ganhar. Isso está dentro dele. Essa é uma coisa muito positiva que ele tem."

Jos diz que tanto seu filho quanto seu companheiro de equipe, Carlos Sainz, vão aprender com o que se transformou em uma corrida decepcionante para a Toro Rosso, depois de terem se classificado em quinto e sétimo.

"Isso não estava nos planos, digamos assim. Foi um pouco decepcionante o resultado final.”

"Eles vão aprender com isso. Não foi uma corrida fácil, mas eles terão de aprender com isso e voltar melhor. É bom que tenha acontecido na primeira corrida."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pista Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Jos Verstappen , Carlos Sainz Jr. , Max Verstappen
Tipo de artigo Últimas notícias