Para Kimi, boa largada da Ferrari em Melbourne foi exceção

Finlandês da Ferrari diz que grande saída dos dois SF16-H nada teve a ver com novo sistema de embreagem

O fato de as duas Ferraris pularem para as duas primeiras posições na primeira corrida deste ano, na Austrália, não representa muita coisa segundo Kimi Raikkonen. O campeão de 2007 negou que isso se deva a alguma superioridade técnica da equipe ante a Mercedes no acionamento da embreagem.

"Foi uma exceção", disse Raikkonen.

"Foi apenas uma corrida. Esperemos que seja assim sempre, mas não é fácil de fazer grandes largadas sempre, especialmente porque as coisas estão um pouco diferentes do que no ano passado. Por isso é ainda mais complicado para as equipes e para os pilotos com todas as novas regras.”

"Funcionou muito bem para nós na última corrida, mas às vezes isso depende de quando você tem as voltas de apresentação extra e coisas assim. Por isso, muitas pequenas coisas podem ter um grande efeito.”

"Eu gostaria que pudesse ser assim o tempo todo, mas eu realmente duvido. Nós vamos tentar fazer o máximo que podemos, mas isso vai depender do que os outros podem fazer."

O piloto da Ferrari também rejeitou as sugestões de que a Ferrari tenha feito algo radical com sua nova embreagem.

"É o mesmo que foi em todos os anos que guiei o carro", disse ele. "É exatamente o mesmo, por isso não há nada de novo."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias