Para Kubica, volta à Fórmula 1 ainda é sonho distante

Polonês, atualmente competindo no campeonato europeu de rali, a curto prazo, não pensa em voltar para a categoria

Kubica tem 12 pódios na F-1

Dias após correr pela primeira vez com o novo carro da então então Lotus-Renault em Valência, o polonês Robert Kubica sofreu um acidente que mudaria sua carreira e sua vida para sempre durante um rali em Andora, na Itália. O piloto teve o antebraço direito parcialmente amputado e ficou mais de um ano parado, voltando às competições no ano passado, fazendo ralis menores.

Kubica anda competindo em ralis pela Europa, e já chegou a ganhar estágios do campeonato europeu correndo com um Citroën DS3 RRC. O polonês disputará pelo menos quatro etapas do campeonato deste ano.

“Estou escolhendo [o rali] como uma volta lenta para estar em uma melhor forma após uma longa pausa”, conta o vencedor do GP do Canadá de 2008.

“Me sinto bem no carro, com a permissão que tive da FIA de correr com um seletor de marchas hidráulico. Gostaria de agradecê-los. Isso vai me ajudar com meu braço direito sempre no volante para minimizar minhas limitações.”

“Eu gostaria de voltar à Fórmula 1, mas sei que talvez isso não aconteça”, reconheceu. “Algumas coisas estão fora do meu controle, mas o rali vai me manter de volta ao esporte e definitivamente manter minha cabeça ocupada durante boa parte do ano.”

“Rali não é só dirigir. Temos muita preparação, então vou passar muito tempo no carro. É uma coisa boa, algo que ando querendo”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias