Para Maldonado, calor pode ajudar a Williams no ritmo de corrida

Venezuelano comemora sexta-feira "produtiva" e só lamenta dificuldade em colocar temperatura nos pneus macios

Maldonado foi o 15º colocado na sexta-feira

Animado com as simulações de corrida que fez nas duas sessões de treinos livres desta sexta-feira no Bahrein, Pastor Maldonado afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace que o calor pode ajudar a Williams a lucrar com seu bom ritmo de corrida neste final de semana.

“Foi uma sessão bastante completa, tanto na manhã, quanto à tarde, com muitas voltas e muitos dados coletados para análise. O pneu macio é um pouco mais rápido, mas infelizmente ele não funcionou muito bem para nós, porque não conseguimos colocar muita temperatura em uma volta, o que nos prejudica um pouco. Mas acho que, na corrida, esse calor vai nos ajudar muito.”

Ainda que tenha sofrido, como os demais, com o desgaste de pneus, Maldonado, 15º nesta sexta-feira, confia no ritmo em sequências longas de voltas.

“Ficamos concentrados no ritmo de corrida, que tem sido nosso ponto forte nestas três primeiras corridas da temporada. Acho que isso vai se repetir aqui. Foi um ritmo bastante consistente, ainda que o desgaste do pneu seja mais alto do que em qualquer outra pista.”

O venezuelano só está preocupado com a classificação, ainda que acredite ser possível melhorar o carro para esta condição até o treino de amanhã.

“O equilíbrio do carro aqui é muito importante e tentaremos acertar bem o carro para fazer uma boa classificação, que tem sido o problema da Williams durante as primeiras provas.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias