Para McLaren, 8º no Brasil fez punições valerem a pena

Chefe da equipe diz que duas últimas provas da temporada devem ser melhores para o conjunto deste ano

Em ano complicado, com muitas punições devido a trocas na unidade de potência, a McLaren comemorou o fato de ter tomado a decisão certa de ser punida no México para preservar as posições de largada nas últimas etapas da temporada.

"Nós, obviamente, tomamos muitas punições antes para tentar proteger as corridas do Brasil e de Abu Dhabi", disse Boullier ao Motorsport.com.

"Utilizamos muitos motores antes para garantir que teríamos peças novas para o Brasil. Você precisa tentar alguma coisa, e decidimos proteger alguma milhagem.

"No México, fomos mais competitivos do que o esperado, e aqui também tivemos uma boa corrida. Então, foi bom ter um fim de semana sem problemas."

A McLaren espera que a natureza de Abu Dhabi favoreça seu carro: "O setor 1 e o 3 devem ser bons. O setor 2 será mais difícil obviamente, então vamos ver".

Boullier também elogiou Alonso pelo modo como competiu no Brasil, apesar da óbvia desvantagem.

"Ele conseguiu lidar muito bem da maneira como utilizou a energia do carro, cortando quando era desnecessária e usando mais em linha reta.”

"Ele tentou gerenciar e fez um trabalho muito bom. O plano era permanecer no DRS de Massa para nos proteger, essa era a única maneira."

Ele reconheceu que é encorajador ver Alonso lutando: "Espero que no próximo ano ele possa fazer isso em todas as corridas".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias