Para Mercedes, evolução da Ferrari é questão de pouco tempo

Depois de domínio e dobradinha na Austrália, chefe da equipe alemã tem cautela: “30s não são o mundo”

A equipe Mercedes dominou o GP da Austrália de 2015. Desde os primeiros treinos o W06 mostrava que de longe era o carro mais rápido da Fórmula 1, além de também muito confiável, já que não apresentou falha mecânica o fim de semana todo.

[publicidade]Porém, para o chefe da equipe, Toto Wolff, é apenas uma questão de tempo para que a Ferrari alcance a equipe e comece a competir seriamente pelas vitórias da temporada.

"Nós vencemos a corrida com cerca de meio minuto para o Ferrari", disse ele.

"Se você analisar o salto que fizeram do ano passado para este ano, é realmente impressionante. É apenas o primeiro ano, mas temos visto a partir dos dados que o motor é realmente poderoso e o carro é realmente bom.”

"Estou muito feliz porque todos os objetivos que nós estabelecemos para nós próprios temos conseguido - a unidade de potência foi sempre o ponto de referência. Agora aerodinamicamente vemos que estamos no caminho certo pelos dados. Parece que estamos com um carro muito bom em todos os aspectos.”

"Eu acho que é tudo uma questão de tempo antes que a Ferrari reduza a diferença. Eles têm todos os recursos, todas as pessoas certas e grandes pilotos, por isso é só uma questão de tempo antes de reduzir a diferença. Trinta segundos não são o mundo."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias