Para o GP do Canadá, Anonymous volta a ameaçar a Fórmula 1

Após derrubar site oficial durante o final de semana do GP do Bahrein, grupo de hackers pede boicote ao f1.com

Grupo volta a ameaçar a categoria

O Anonymous, grupo mundial de hackers que bloqueou o site oficial da Fórmula 1 durante o fim de semana do Grande Prêmio do Bahrein está ameaçando atrapalhar o desenrolar da categoria durante o Grande Prêmio do Canadá, em duas semanas em Montreal.

O site oficial da categoria, o f1.com, não só oferece artigos de informação, mas como também hotéis, venda de ingressos e de produtos relacionados ao evento. A revolta do grupo é com as violações aos direitos humanos na província de Quebec, que proíbe os estudantes de fazerem protestos contra taxas de matrículas.

O Anonymous afirma que quer destruir "tudo o que é relacionado com a Fórmula 1. Recomendamos encarecidamente que se unam ao boicote da F-1 e, em Montreal recomendamos que não comprem ingressos on-line ou de merchandising", diz um comunicado do grupo. "Eles estão avisados".

O grupo se mostra contrário particularmente às ações do chefe supremo da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, etiquetado como "um homem malvado e ganancioso" (...) "Como já dissemos no Bahrein - o Anonymous tem a intenção de destruir a pequena festa do senhor Ecclestone", finalizou a mensagem.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Tipo de artigo Últimas notícias