Para Perez, Force India é pior time do pelotão do meio

Sem pontuar na Austrália, mexicano sai de Melbourne preocupado com desempenho apresentado na primeira etapa

A abertura da temporada 2018 não foi aquilo que o mexicano Sergio Perez esperava. Depois de uma pré-temporada abaixo das expectativas após ser quarta nos últimos dois mundiais, a Force India teve a confirmação de que andou para trás. O time sai da Austrália sem nenhum ponto, com Sergio Perez e Esteban Ocon finalizando em 11º e 12º, respectivamente.

O mexicano lamentou o resultado.

"Era muito difícil passar”, disse Perez ao Fox Sports.

“Quando estávamos no primeiro stint, quando Valtteri Bottas estava atrás de mim, ele não conseguiu me passar. Eu tentei de tudo com Sainz também, e infelizmente não tivemos o ritmo para lutar por mais. Espero que em breve possamos estar em melhor posição para lutar por lugares melhores."

Após a performance, Perez foi direto em suas declarações referentes ao desempenho da Force India neste início de mundial.

"No momento, acho que somos o time mais lento do grupo do meio, mas espero que em breve possamos lutar com eles", disse o mexicano.

Se na qualificação a Force India já havia sido ultrapassada por McLaren, Renault e Haas, na corrida o time seguiu atrás de seus concorrentes diretos, e mesmo com os abandonos da Haas, a equipe saiu da Austrália zerada.

Apesar do resultado, Perez acredita que seu time precisa continuar trabalhando atrás de uma solução o mais breve possível.

"Esperamos ser melhores nas próximas corridas. Bahrein é um circuito diferente, onde você pode correr mais. Com uma parada aqui, era difícil passar. Por isso, esperamos ser mais competitivos nas próximas corridas."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Sub-evento Domingo - Corrida
Pista Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Sergio Perez
Equipes Force India
Tipo de artigo Reactions