Para Red Bull, vitória na Hungria foi melhor do ano: “Mercedes não teve problema”

Christian Horner vê o australiano Daniel Ricciardo na “crista da onda” e elogia Renault após triunfo em Hungaroring

Mais uma vez a três voltas do fim, exatamente como no GP do Canadá, Daniel Ricciardo tomou a ponta e venceu o GP da Hungria. O piloto australiano continua impressionando todos do circo da Fórmula 1, inclusive seus maiores investidores, a equipe Red Bull. Para o diretor da equipe, Christian Horner, o piloto foi perfeito.

"Essa foi ainda mais gratificante do que a de Montreal, porque nós vencemos sem problemas da Mercedes", disse Horner.

"Tivemos a estratégia correta, e foi uma grande performance de Daniel. Os pit stops foram bons, as ultrapassagens foram excelentes e vencemos duas Mercedes que não chegaram a ter quaisquer problemas."

Horner também enxerga grande momento na confiança do piloto do carro número 3.

"O cara está montando na crista de uma onda de confiança no momento", disse Horner.

"Ele está dirigindo o carro assim e as coisas estão calhando certo para ele também. Ser capaz de entrar no momento certo para a primeira parada foi um elemento crítico da corrida, mas depois teve um problema em um dos cilindros do motor no penúltimo stint.”

"Os caras da Renault foram capazes de encontrar uma maneira de contornar isso para desativar o sensor e, em seguida, ele foi para primeiro nas últimas cinco voltas lá. Eles cobriram uma corrida fantástica na verdade."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias