Para reduzir vantagem, Vettel tem tabu a quebrar no Japão

Maior vencedor em Suzuka nos últimos anos, piloto alemão precisa fazer a Ferrari voltar ao topo do pódio no Japão

Desde que retornou ao calendário, Suzuka é uma das pistas de melhor retrospecto para Sebastian Vettel. No pódio em todos os GPs do Japão de 2009 até 2015, ele venceu a corrida em quatro oportunidades: 2009, 2010, 2012 e 2013. E, apesar de não ter vencido em 2011, o piloto saiu do Japão com um terceiro lugar que lhe valeu o título daquele ano.

Por outro lado, o piloto vai ter que trabalhar duro para tirar a Ferrari da fila em território japonês. O time de Maranello não vence no Japão desde o GP disputado em 2004 – a última de 13 vitórias em 18 provas de Michael Schumacher naquele ano.

O time italiano não anota uma pole position em Suzuka também há muito tempo. O brasileiro Felipe Massa foi o último piloto a largar na posição de honra com o carro de Maranello, no ano de 2006.

Com uma desvantagem de 34 pontos no mundial para Lewis Hamilton (que venceu no Japão nos três anos que foi campeão: 2007, 2014 e 2015), Vettel precisará passar por estes tabus para reverter sua situação no mundial. No entanto, o alemão já quebrou um tabu de 15 anos sem vitórias da Ferrari em Mônaco neste ano. Estaria outra quebra histórica vindo neste final de semana?

Maiores vencedores no Japão

Vitórias no Japão Piloto Anos
6 Michael Schumacher 1995, 1997, 2000, 2001, 2002, 2004
4 Sebastian Vettel 2009, 2010, 2012, 2013
3 Lewis Hamilton 2007, 2014, 2015
2 Gerhard Berger 1987, 1991
 2 Ayrton Senna 1988, 1993
2 Damon Hill 1994, 1996
 2 Mika Hakkinen 1998, 1999
2 Fernando Alonso 2006, 2008
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pista Suzuka
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias