Para Ricciardo, Red Bull luta para ser a segunda força da temporada

Australiano diz também que está com fome de pódio, após perde segundo lugar no GP da Melbourne

Depois de perder o pódio surpreendentemente conquistado na Austrália, Daniel Ricciardo diz que está com fome de chegar novamente entre os três primeiros e que a Red Bull luta para ser o segundo melhor time da F1, atrás apenas da Mercedes.

“O trabalho que fizemos no inverno teve a confiabilidade como alvo ao invés do desempenho. Só em Melbourne que tivemos a oportunidade de começar a trabalhar em um set-up e o RB10 nos surpreendeu por ser bastante competitivo no seco e muito competitivo no molhado. E ficará ainda melhor nas próximas corridas, alcançaremos as equipes que rodaram mais que a gente durante a pré-temporada”, afirmou o australiano em entrevista ao site de sua equipe.

"No momento, nossa batalha é para sermos o segundo melhor time. Obviamente que não é onde queremos estar, mas o carro já está superando nossas expectativas de algumas semanas atrás”, disse, lembrando de toda a dificuldade do time durante a pré-temporada. “Eu acho que, uma vez que nós acharmos realmente a configuração do carro, seremos capazes de diminuir a diferença para Mercedes. Claro que eles também melhorarão, mas eu acho que estamos em uma boa posição para darmos passos maiores”, acrescentou.

Sobre o pódio perdido na primeira, após a FIA medir um fluxo de combustível fora das regras em seu carro, o australiano preferiu olhar o lado positivo. “O que aconteceu estava fora da minha capacidade de controlar, mas, honestamente, eu achei melhor do que se tivesse abandonado a corrida por um problema mecânico. E o resultado de Albert Park me fez ficar com fome de chegar ao pódio novamente. E eu acho que nós temos tem uma boa chance de fazê-lo”, acredita o otimista Ricciardo.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias