Para Symonds, Stroll impressionou tanto quanto Villeneuve

Diretor técnico da Williams cita facilidade de aprendizado e treinos intensos antes da chegada de canadense à F1

Lance Stroll vai estrear na F1 no próximo ano, chegando à Williams após o título da F3 europeia da temporada 2016.

Diante deste grande salto, o canadense está passando por um extenso programa de testes, o que fez Pat Symonds, diretor técnico da Williams, comparar com a preparação de seu compatriota, Jacques Villeneuve, há duas décadas.

Villeneuve foi vice em seu primeiro ano, em 1996, antes de se tornar campeão com Williams em 1997.

"Havia esses programas, acho que Jacques Villeneuve fez um programa muito focado com a Williams em 1995. Sei que ele foi para várias pistas, que não eram onde as equipes estavam testando na época", disse Symonds.

"De um modo geral, os rapazes que eram pilotos de teste, eles faziam treinos para que tivessem acúmulo de milhas, mas o foco sempre foi desenvolver o carro, ao invés dos pilotos."

"Por exemplo, em Abu Dhabi, ele [Stroll] treinou pitstop e tivemos a equipe completa lá. Praticamos muito. A equipe não precisa disso, mas ele sim."

Symonds se refere ao aprendizado rápido do canadense como a "marca de um bom piloto".

"Acho que foi muito esclarecedor. O programa envolve um carro de 2014 e estes pneus da academia, que são bem diferentes."

"Você não sabe o quão diferente, não temos dados sobre eles, mas o que podemos fazer é olhar para o que Lance está fazendo com seus dados e compará-los com os de Valtteri [Bottas] em 2014 e Felipe [Massa] e eu tenho ficado bastante impressionado."

"Ele entende um circuito muito rapidamente, e isso é sempre uma marca de um bom piloto. E, ao final de dois dias no carro, ele está correndo muito bem."

Relatos adicionais por Jonathan Noble

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jacques Villeneuve , Lance Stroll
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias