Para Tost, situação de Ricciardo é diferente de Vettel em 2009

Piloto australiano pode fazer mesma transição do alemão, ex-Toro Rosso, mas momento da Red Bull era outro

O chefe da Toro Rosso, Franz Tost, tem experiência em preparar pilotos para a Red Bull. Afinal, já estava na equipe quando Sebastian Vettel fez a transição do time satélite para o principal, em 2009. Porém, o dirigente evitou fazer comparações entre o alemão e Daniel Ricciardo, um dos mais cotados para assumir a vaga de Mark Webber no time tricampeão mundial.

“Era um momento completamente diferente”, apontou Tost ao TotalRace. “Naquela época, Vettel foi para uma equipe que estava em construção. Hoje, Daniel – se for para a Red Bull – vai entrar em uma equipe campeã. O nível é muito alto. Estamos preparando-o da melhor maneira possível mas, no final das contas, ele é o piloto e tem de lidar com isso e provar que é capaz.”

Em outras palavras, Tost espera que Ricciardo sofra mais pressão que Vettel sofreu quando foi para a Red Bull. Na época, em 2009, o time sequer tinha conquistado sua primeira vitória. Porém, o dirigente acredita que o australiano dará conta do recado.

“A pressão não é algo novo na Fórmula 1. Todo piloto tem de lidar com ela e Daniel está indo muito bem. Ele sabe que pode estar na Red Bull ano que vem, mas sabe também que precisa demonstrar uma performance muito boa. Na Fórmula 1, você tem de trabalhar bem todo dia.”

Tost também destacou que o próprio duelo interno que Ricciardo teria de enfrentar caso fosse escolhido seria mais duro do que o próprio Vettel enfrentou quando chegou na equipe.

“Você precisa ter disciplina para lutar contra Sebastian Vettel, que é um campeão mundial e não podemos esquecer disso. O nível é muito alto e, para chegar lá, é preciso fazer um trabalho muito bom.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel , Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias