Para Webber, quem vencer mais corridas será o campeão de 2012

Como a diferença de pontuação entre o primeiro e o segundo colocados é grande, australiano quer mais provas como Mônaco

Webber foi, em Mônaco, o sexto vencedor do ano

Com o campeonato apertado e seis pilotos divididos por uma vitória na ponta, a moda é falar em consistência e lembrar de temporadas como a de 1982, quando Keke Rosberg foi campeão mesmo tendo vencido apenas uma prova.

Para Mark Webber, contudo, como a diferença de pontuação entre o primeiro e o segundo colocados é muito grande, de sete pontos, são justamente os primeiros lugares que serão decisivos para o título.

“Você precisa marcar pontos sempre que pode, é óbvio. Mas acredito que, no fim das contas, são as vitórias que vão decidir o campeonato. Você precisa vencer porque isso faz uma grande diferença, são 25 pontos contra 18. Quando você tem oportunidades, tem de capitalizar.”

O australiano, terceiro no campeonato, empatado com o companheiro Sebastian Vettel, se mostra confiante de que pode continuar na disputa pelos primeiros lugares.

“Acho que termos seis vencedores não significa nada. O que importa é que eu estou vencendo e que a equipe está fazendo um bom trabalho. Não me faltou confiança nas primeiras etapas, sempre me senti muito bem no carro.” 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias