Para Whitmarsh, voltas rápidas após 2ª parada foram fundamentais

Chefe da McLaren enche Lewis Hamilton de elogios e se diz "surpreendido" com risco assumido pela Ferrari com Alonso

Whitmarsh comemora com Hamilton

 

A 20 voltas do final do GP do Canadá, Lewis Hamilton e Fernando Alonso estavam separados por não mais que três segundos, na primeira e segunda colocações. Na bandeirada, o inglês venceu, enquanto o espanhol foi quinto, resultado de uma decisão estratégica acertada da McLaren. O chefe da equipe, Martin Whitmarsh, no entanto, destacou o papel do piloto nesse feito.

“Se Lewis não tivesse conseguido aquecer rapidamente aquele último jogo de pneus, Fernando poderia forçar. Assim, se vissem que era possível ter a diferença necessária, poderiam parar. Então foi importante forçar naquela fase particular da corrida. Ele está pilotando tão bem que conseguiu colocar a temperatura e pressão nos níveis adequados rapidamente”, afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace.

“Há muito risco em tentar fazer o que a Ferrari fez”, reconheceu o inglês. “Eu fiquei surpreso que eles não entraram. Claro que fiquei feliz que tenham feito isso, mas eles têm seus próprios dados. É difícil devido às circunstâncias. Acho que eles ficaram presos por Vettel e não viram o panorama completo.”

O dirigente garantiu que o plano da McLaren nunca deixou de ser o de fazer duas paradas. “Lewis ainda estava fazendo bons setores quando o chamamos para o pit, mas acreditamos que era o momento certo e também sabíamos que, se os outros fossem tentar fazer uma parada, você precisa para cedo o bastante para recuperar o tempo.”

O inglês não se surpreendeu com o bom rendimento da Sauber de Sergio Perez, que saiu de 15º para ser terceiro, e da Lotus de Romain Grosjean, segundo colocado.

 “As Sauber e as Lotus têm sido sempre mais gentis com seus pneus. Você faz sua estratégia não pelo que espera que fará, mas pelo que seus dados sugerem ser o melhor. Foi o que fizemos e acho que nossa estratégia era certa.”

Falando sobre Jenson Button, que teve outro péssimo final de semana e terminou em 16º, Whitmarsh culpou o acerto do carro. “Ele estava acabando com seus pneus rápido demais, e acho que poderíamos ter dado a ele um acerto melhor. Foi um final de semana difícil para ele, mas tenho certeza de que vai dar a volta por cima.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias