"Parece um filme", diz Massa após terceiro acidente seguido

Brasileiro confia no ritmo da Ferrari no seco para se recuperar da 16ª posição no grid de largada no Canadá

Os socos no volante logo após o terceiro acidente em dois finais de semana foram a medida da irritação de Felipe Massa com mais um erro. A batida, que causou a interrupção da classificação para o GP do Canadá, fez com que o brasileiro chegasse apenas à 16ª colocação no grid.

“Parece um filme”, comparou o piloto da Ferrari ao TotalRace. “Estou muito chateado com o que aconteceu e saí do carro puto da vida porque não lembro de ter acontecido algo assim na minha carreira, com três acidentes tão perto um do outro. Fico chateado, mas não tem muito o que dizer. Quero virar a página e saber que, ainda que tenha sido um dia difícil, eu tenho o ritmo.”

Massa sofreu um acidente nos treinos livres para o GP de Mônaco e ficou de fora da classificação. Na corrida, bateu novamente, mas desta vez a Ferrari admitiu uma quebra de suspensão. A sequência negativa, no entanto, não abala a confiança do piloto brasileiro para a corrida.

“Largar atrás aqui não é tão ruim quanto em outras pistas, como Mônaco, por exemplo. A chance de ultrapassar é maior. Com pista seca, a referência foi boa, o carro se comportou bem. Nosso problema aqui foi com pista molhada – mesmo com pneu intermediário e algumas faixas secas o carro estava bem. Vamos trabalhar para ter uma boa corrida e conseguir recuperar as posições sem perder tempo.”

Massa explicou que estava forçando bastante quando sofreu o acidente. “Meu tempo não era bom e estava ficando no Q2. Arrisquei tudo o que podia e acabei arriscando demais e freando na linha branca. Esse foi o problema. Era o momento mais importante da classificação para mim e, quando você sofre um acidente em um momento como esse é mais aceitável do que em um normal. Talvez tenha arriscado um pouco demais e passado do ponto. Mas era o tudo ou nada.”

Mesmo com mais uma batida, o brasileiro afirmou não sentir qualquer pressão vinda da Ferrari. “A gente é uma equipe. Vencemos e perdemos em conjunto. Pedi desculpa e temos de pensar juntos na corrida de amanhã. No pódio ou em um momento difícil, somos uma equipe. Existem situações em que a culpa não é do piloto, são coisas do carro ou da estratégia. Tudo faz parte do trabalho em equipe. Tenho um time que gosta de mim e quer me ver no pódio e não em um acidente.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias