"Parecia um circuito completamente diferente", reclama Button

Quinto colocado no grid do GP do Brasil, inglês diz ser um piloto que "sente qualquer ondulação"

 Não é novidade ouvir Jenson Button reclamando do equilíbrio de seu carro após uma classificação ou uma corrida. Afinal, o piloto da McLaren reconhece que é bastante sensível a alterações no comportamento do seu equipamento.

[publicidade] E, mesmo ficando com a quinta colocação no grid para o GP do Brasil, o inglês não gostou de seu rendimento.

“Parecia um circuito completamente diferente para mim. Sou um daqueles pilotos que sentem qualquer ondulação e isso me atrapalha de algumas maneiras, mas quando consigo acertar tudo é obviamente muito bom. Mas achei difícil me acostumar com isso, especialmente sem ter andado na primeira sessão de treinos livres na sexta-feira.”

O inglês superou seu companheiro Kevin Magnussen pela nona vez na temporada, igualando o duelo interno em classificações com o estreante dinamarquês, que não saiu satisfeito do treinamento.

"Este final de semana tem sido bem traiçoeiro: a escolha dos pneus se mostrou difícil por conta das mudanças em cada volta. Senti-me estranho e não consegui melhorar meu tempo na volta final do Q3. Não senti o trabalho dos pneus na primeira volta”, discursou Magnussen, um raro 'torcedor' do tempo seco neste domingo.
 
“Se estiver seco amanhã, tentarei fazer o mínimo de pit-stops, tentando aproveitar as melhores oportunidades que surgirem para nós. Mas parece que amanhã pode chover, então é imprevisível. Vamos ver o que acontecerá", encerrou. 
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias