Pastor Maldonado e Williams lamentam morte de Hugo Chávez

compartilhar
comentários
Pastor Maldonado e Williams lamentam morte de Hugo Chávez
Por: Gabriel Lima
6 de mar de 2013 14:27

"Peço união a todos os venezuelanos. Sigamos o exemplo e lutemos infinitamente pelo nosso futuro", diz Pastor

Após a morte de Hugo Chávez nesta terça-feira aos 58 anos de idade, a equipe Williams da F-1 enviou condolências à família do ex-presidente e ao povo venezuelano. Por meio de comunicado oficial o time lamentou sua morte depois um longo tratamento contra o câncer.

Chávez era, e ainda é, um dos principais investidores da equipe de Grove pela petrolífera estatal da Venezuela, a PDVSA. A companhia é a maior responsável pelo financiamento da carreira de Pastor Maldonado, campeão da GP2 em 2010 e vencedor do GP da Espanha no ano passado.

“Em decorrência do anúncio que Hugo Rafael Chávez Frías, presidente da República bolivariana da Venezuela, morreu após uma longa batalha contra o câncer, a Williams F1 Team envia suas mais profundas condolências à família do presidente Chávez e ao povo da Venezuela”, disse a equipe.

Maldonado também se manifestou em sua conta no Twitter (@pastormaldo). “Me uno a esta profunda dor pela qual nós venezuelanos estamos passando. Meu pesar à família de Chávez e à Venezuela”.

“Hoje não se foi só um presidente, se foi um grande homem cujos ideais transcenderam além. Um soldado, um lutador, um herói. Peço união a todos os venezuelanos. Sigamos o exemplo e lutemos infinitamente pelo nosso futuro. Viva nosso comandante Chávez, sempre”, falou.

Próxima Fórmula 1 matéria
De bem com a vida, Sergio Pérez se diz mais relaxado na McLaren

Previous article

De bem com a vida, Sergio Pérez se diz mais relaxado na McLaren

Next article

Lotus recruta diretor de "Alien" para vídeo promocional

Lotus recruta diretor de "Alien" para vídeo promocional
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias