Pat Symonds deixa Williams

Diretor técnico deixa equipe após quatro anos, em meio a rumores da ida de Paddy Lowe para o time

O site Autosport, que faz parte do Grupo Motorsport, apurou que o diretor técnico da Williams, Pat Symonds, que está no time desde 2013, não faz mais parte da escuderia.

A saída de Symonds acontece quando surgem notícias de que a Williams estaria para assinar com Paddy Lowe, hoje na Mercedes.

Acreditava-se que a chegada de Lowe poderia permitir que Symonds se aposentasse no final de 2017, após período de transição, mas o processo parece ter sido acelerado.

Symonds tem desfrutado de uma carreira em várias áreas da engenharia na Fórmula 1, incluindo um longo período na Renault durante seu auge.

Ele deixou o time e foi banido da Fórmula 1 pelas consequências do escândalo do "crashgate" do GP de Cingapura de 2008, mas a proibição foi revogada, permitindo que voltasse ao esporte.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags pat symonds