Paul Di Resta e Nico Hulkenberg têm domingo difícil na China

Depois de ser a única equipe a colocar dois pilotos entre os dez primeiros na Malásia, a Force India ficou fora dos pontos

A Force India teve um domingo complicado

Depois de ser a única equipe a colocar dois pilotos entre os dez primeiros na Malásia, a Force India ficou fora dos pontos tanto com Paul di Resta, 12º, quanto com Nico Hulkenberg, 15º. De acordo com o escocês, a estratégia foi boa, mas faltou ritmo.

“Foi uma corrida extremamente próxima hoje e embora tenhamos conseguido nos manter na disputa, não tínhamos o ritmo para lutar contra os demais e ganhar terreno. Então foi mais ou menos como na Austrália, com carros correndo muito próximos e muitos cuidando dos pneus. Então saímos daqui sabendo que não estamos tão longe dos outros.”

Hulkenberg não teve um domingo dos melhores, perdendo muito tempo na parte inicial da prova devido a uma primeira volta desastrosa.

“Perdi muitas posições na largada porque deslizei muito e depois tive uma avaria na asa dianteira na primeira volta. Acho que não bati em ninguém, mas havia muitos pedaços voando então talvez tenha sido isso. Isso fez com que o carro saísse muito de frente e tive de trocar meu bico na primeira parada. Acho que todo esse tempo perdido teve um grande impacto no resultado.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias