Pelo segundo ano, Hamilton perde para Djokovic no Laureus

Foi a terceira indicação de Lewis Hamilton para 'Esportista do Ano', mas o britânico segue sem vencer; Fórmula 1 teve representantes na premiação considerada o 'Oscar do esporte', mas somente Niki Lauda saiu como vencedor no evento realizado em...

Pelo segundo ano consecutivo, Lewis Hamilton perdeu o prêmio de 'Esportista do Ano' no Laureus World Sports Awards para o tenista Novak Djokovic. Assim como em 2015 e 2009, Hamilton foi um dos indicados nesta categoria - uma das principais do evento, considerado o 'Oscar do esporte'. Na primeira indicação, o britânico perdeu para o velocista Usain Bolt.

A Fórmula 1 teve outros membros concorrendo na premiação deste ano, realizada em Berlim, em outras categorias: a Mercedes foi uma das indicadas para 'Time do Ano', mas perdeu para o time de rugby da Nova Zelândia - popularmente conhecidos como 'All Blacks'; Max Verstappen, piloto da Toro Rosso, foi um dos candidatos a 'Revelação do Ano', mas foi superado pelo golfista Jordan Spieth.

A categoria, entretanto, não saiu de mãos vazias. Niki Lauda, tricampeão mundial (1975, 1977 e 1984) e atual consultor da Mercedes, recebeu um prêmio especial pela carreira, entregue a ele no palco pelo próprio Hamilton.

Na história da premiação - que teve a primeira edição em 2000 - apenas dois pilotos de F1 já venceram na categoria 'Esportista do Ano': Michael Schumacher, em 2002 e 2004, e Sebastian Vettel, em 2014.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton , Niki Lauda
Tipo de artigo Últimas notícias