Pérez: a pressão agora está em Ocon

compartilhar
comentários
Pérez: a pressão agora está em Ocon
Por: Lawrence Barretto
12 de jan de 2018 08:47

Mexicano prega respeito ao companheiro de equipe, mas considera que francês sofrerá mais cobranças após temporada forte em 2017

Press conference: Esteban Ocon, Force India, Sergio Perez, Force India
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1, Sergio Perez, Sahara Force India F1
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10

Sergio Pérez afirmou que, em 2018, a pressão estará em seu companheiro na Force India, Esteban Ocon, após o francês impressionar em sua primeira temporada completa na F1.

Ocon, que se juntou à Force India com apenas nove corridas de experiência com a Manor, em 2016, marcou pontos em 18 das 20 corridas realizadas, fechando apenas 13 atrás de Pérez na tabela.

“[Bater Ocon] É minha meta principal”, disse Pérez. “A pressão estará nele agora, porque é seu segundo ano com a equipe e todos esperam grandes coisas por parte dele.”

“Novamente será muito parelho, acredito.”

Pérez admitiu ter ficado impressionado com a performance de Ocon, citando que sua preparação forte foi fundamental para que ele estivesse no ritmo logo de cara.

“Eu certamente avalio Esteban bem”, disse Pérez. “Ele tem muito talento e muita experiência.”

“Ele chegou à F1 muito bem preparado. Ele já era bem maduro, com muito conhecimento por trás dele, então ele esteve no ritmo logo de cara.”

“Ele definitivamente fez um trabalho realmente bom. Não é segredo que ele é um ótimo piloto, um dos melhores para o futuro.”

“Seu estilo de pilotagem é muito comparável ao de Nico [Hulkenberg, seu ex-companheiro na Force India]. Eles são muito parecidos em certo sentido.”

Pérez indicou em setembro, no GP de Cingapura, quando a Force India levou um grande pacote de atualizações para seu carro, que foi o momento em que começou a perder terreno para Ocon.

“Trouxemos algumas melhorias, e, ao acertar o carro com essas melhorias, perdi muito balanço.”

“Eu não me sentia confortável durante uma volta. Esteban, de repente, ficou bem forte em classificação, então aquele período foi quando sofri.”

“Mas estou feliz que tenhamos conseguido consertar isso. Temos um bom entendimento do que deu errado.”

“Então, estou bem confiante, especialmente para o próximo ano. Será um bom ponto de partida para mim.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Pirelli: Kubica precisa de mais tempo para mostrar ritmo

Previous article

Pirelli: Kubica precisa de mais tempo para mostrar ritmo

Next article

Cosworth vê como "improvável" retorno à F1

Cosworth vê como "improvável" retorno à F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez , Esteban Ocon
Equipes Force India
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias