Pérez defende Halo: “decisão boa e muito corajosa da FIA”

Mexicano diz aceitar que aparência não seja boa, mas pede reflexão: “nos últimos dez anos, teríamos salvado vidas”

A presença obrigatória do Halo nos carros da Fórmula 1 no ano que vem foi uma boa decisão feita pela FIA, acredita Sergio Perez. Apesar de muita controvérsia envolvida em sua implementação, tendo em vista a aparência dos carros e o campo de visão dos pilotos, o dispositivo foi aprovado e será usado no ano que vem.

O mexicano apoia a implementação.

"O Halo está realmente prejudicando muito a aerodinâmica do nosso lado, mas é o mesmo para todos", diz Perez.

"É um dispositivo de segurança. Depois de três ou quatro corridas, vamos nos acostumar. Na Fórmula 1, tudo está mudando muito rapidamente.”

"Espero que o ano que vem seja um ano muito interessante com todas as equipes mais próximas. E, falando do Halo, espero que depois de duas ou três corridas ninguém comente mais."

O mexicano acredita que, quando se trata de segurança do piloto, nada deva ser comprometido.

"Eu acho que é uma decisão muito boa e muito corajosa da FIA", acrescentou.

"Estamos pressionando por mais segurança e acho que também mostramos que esta geração de pilotos definitivamente quer mais segurança, não apenas para Fórmula 1, mas em outras categorias.”

"Se você tivesse o Halo nos últimos dez anos, teríamos salvado algumas vidas no esporte. Eu acho que é algo que outros esportes se orgulhariam. Embora eu não goste da aparência, vale a pena".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias