Pérez diz que achou que virose o tiraria de GP da Malásia

Mexicano admite que temeu que seria forçado a sair do fim de semana de Sepang, quando foi diagnosticado com uma virose

Sergio Pérez esteve com uma virose no último fim de semana, durante o GP da Malásia, o deixando debilitado, mas não impedindo do mexicano de conquistar a sexta posição na corrida.

Nesta quinta-feira, ele admitiu que o mau tempo em Sepang no primeiro dia de treinos o ajudou para seguir no complemento do fim de semana.

"Houve um ponto no fim de semana, provavelmente na quinta-feira e no início da sexta-feira, que sem aquela limitação dos treinos, eu achei que não seria capaz de fazer o restante do fim de semana, dada a minha condição."

"Mas, progressivamente, eu melhorei. O tempo me ajudou, já que não corremos muito na sexta-feira, então tive sorte de poder me afastar."

Falando sobre sua batalha para superar a corrida em si, Perez disse: "Domingo foi a corrida mais difícil fisicamente. Foi muito difícil."

"Era como se eu não tivesse nenhuma força em meus músculos. Eu realmente lutei. Piorou à medida que a prova avançava, com o calor."

"Eu estava tentando beber o maior volume de água que podia. Senti como se tivesse perdido toda a força do meu corpo. Eu estava muito fraco."

O piloto da Force India disse que já começou a se sentir melhor na segunda-feira e agora está de volta ao treinamento completo para a corrida deste fim de semana em Suzuka.

"Finalmente, estou me sentindo de volta ao normal. Eu sou 100% para este fim de semana", disse ele.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Sergio Perez
Equipes Force India
Tipo de artigo Últimas notícias