Pérez diz que não se importa com má fama entre pilotos

Recentemente criticado por Räikkönen após toque em Mônaco mexicano diz: "Não estou na F-1 para todos gostarem de mim"

Pérez passa Button em Mônaco

Mesmo sem um grande carro neste ano, Sergio Pérez continua dando o que falar pelo estilo agressivo na temporada. Em Mônaco, arrancou críticas de Kimi Räikkönen após toque na chicane depois do túnel. O finlandês inclusive chegou a falar que poderia agredir Pérez após a confusão.

"Sobre as críticas, eu acredito que todo mundo tem seu próprio ponto de vista”, falou Pérez em coletiva à imprensa mexicana.

“Eu não estou aqui para ser apreciado por todos. Estou na Fórmula 1 para lutar pela minha equipe e se isso faz com que me critiquem, eu não me importo.”

Sergio também lamentou os problemas no MP4-28, e se confessou chateado com a performance da McLaren, equipe que ganhou sete corridas em 2012.

“Me sinto frustrado. Eu sinto que o meu desempenho com a McLaren tem sido bom eu tenho total apoio da equipe. Como um piloto, contar com o apoio de sua equipe é muito importante.”

“Acredito que o principal problema - e que tem causado esses resultados - é o desempenho do carro”, disse Pérez. “Em termos de aerodinâmica, temos bem menos do que o esperado, temos um problema com o túnel de vento;. Ele está nos dizendo uma coisa, mas a realidade na pista é muito diferente, por isso é extremamente difícil trabalhar assim.”

Perez é o 13º no mundial com 12 pontos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias